fbpx Skip to main content
certificações

As melhores certificações para 2019

Em uma área como a de Tecnologia da Informação, buscar certificações em determinadas especialidades é cada vez mais uma exigência do mercado e uma aspiração daquele profissional que quer construir uma sólida carreira.

Ao mesmo tempo, é uma característica da área de TI conviver com o contínuo surgimento de novas ferramentas, novas técnicas, novas metodologias e até mesmo novos conceitos, de tal forma quer fica difícil decidir em qual especialização e em quais certificações  investir.

Apresentamos a seguir cinco exemplos de certificações, em diferentes especializações, que estão em alta e/ou consolidadas no mercado, representando excelentes oportunidades de valorização e ascensão profissional.

 

Agile Coach

O Agile Coach é um agente de mudanças por excelência, incumbido de implantar, disseminar e adaptar a metodologia ágil.

Para exercer essa função, o Agile Coach pode ser visto desempenhando os papéis de mentor, consultor, facilitador, instrutor e coach.

Considera-se que o Agile Coach, por sua formação, esteja acima do mais experiente dos Scrum Masters.

Em relação à certificação, há uma particularidade quando se trata de Scrum e de metodologiasd ágeis.

Existem diferentes certificações, fornecidas por diferentes instituições, muitas delas amplamente reconhecidas.

Portanto, é conveniente que o profissional interessado na certificação para Agile Coach faça uma avaliação sobre qual das instituições oferece a alternativa que lhe pareça melhor.

Product Owner

Entrando na área de gestão de projetos, temos a certificação Product Owner, para equipes que trabalham sob o paradigma das metodologias ágeis.

O Product Owner é o profissional que tem a visão dos processos de negócio e de toda a relação de funcionalidades desejadas para os sistemas.

Assim, ele assume um papel de liderança na condução do projeto, tendo um papel preponderante nas atividades de planejamento.

Da mesma forma que ocorre com outras certificações ligadas ao Scrum ou às metodologias ágeis, existem certificações emitidas pela Scrum Alliance, pela Scrum ORG, pelo PMI, pela ScrumStudy e pela EXIN, para ficarmos nas mais conhecidas.

É conveniente que o profissional interessado na certificação para Product Owner faça uma avaliação sobre qual das instituições oferece a alternativa que lhe pareça melhor.

Scrum Master

Também para a gestão de projetos, a crescente popularização da metodologia Scrum trouxe para o dia a dia das empresas um novo perfil profissional, o Scrum Master.

Em um projeto de TI que adota a abordagem ágil, o papel do Scrum Master é garantir que todo o seu andamento se dê dentro dos parâmetros da metodologia.

Para cumprir seu papel, o Scrum Master assume diferentes funções dentro do projeto, sem invadir as atividades da equipe de desenvolvimento e do Product Owner.

O Scrum Master é, ao mesmo tempo, orientador, facilitador, gestor, negociador, agente de mudanças e líder. Em última instância, é o Scrum Master que dá a dinâmica do projeto.

Da mesma forma como ocorre com o Agile Coach e com o Product Owner, o profissional deve avaliar qual das certificações disponíveis no mercado para Scrum Master lhe parece a mais adequada.

Certificação ITIL

ITIL é a sigla para Information Technology Infrastructure Library. Trata-se da mais disseminada biblioteca de melhores práticas em gestão de serviços de TI.

Um profissional com certificação ITIL está habilitado a implementar e gerir toda a estrutura e o fluxo de processos que dão suporte à execução dos serviços de TI para a empresa.

O Service Desk (mas não somente ele) é um típico exemplo de estrutura voltada para a implementação das práticas sugeridas pela ITIL.

Existem diferentes níveis de certificação ITIL. O mais básico deles (ITIL Foundations) dá uma visão geral sobre gestão de serviços de TI e sobre o ciclo de vida de um serviço. Ela é concedida mediante aprovação no exame oficial de certificação.

Para realizar o exame, basta inscrever-se. A etapa de preparação fica por conta do candidato. Não há exigências quanto a cursar determinada carga horária de treinamento.

Os demais níveis de certificação têm como pré-requisito a certificação Foundations, além da frequência em cursos credenciados. Alguns níveis de certificação também exigem experiência em gestão de serviços de TI.

CobIT

CObIT é a sigla para Control Objectives for Information and related Technology. Na prática, ela constitui uma biblioteca de recomendações para a governança de TI.

CobIT propõe um modelo de gestão da TI, focado em requisitos de negócios, recursos de TI e processos de TI.

Um profissional com certificação CObIT atua em um nível mais estratégico, de alinhamento da TI com os objetivos da empresa e de definição de parâmetros para a sua gestão.

Atualmente, existem quatro exames oficiais para medir os conhecimentos do profissional em CObIT. A aprovação no primeiro exame (Foundations) é pré-requisito para a realização dos demais.

Embora exista a recomendação para a realização de treinamentos em instituições credenciadas, o candidato tem a liberdade de optar por seus próprios métodos de estudo.

Conclusão

Bons profissionais devem estar sempre preparados para o surgimento de boas oportunidades de carreira. Certificações valorizadas pelo mercado são uma excelente forma de preparação.

De sua parte, o mercado vê com bons olhos, não só as certificações em si, mas os profissionais que se desdobram em busca de aprimoramento.

E você, já tem algum desses certificados? Tem alguma pergunta a respeito de algum deles? Fale com a gente nos comentários e confira como a Inside Exames pode te ajudar a consegui-los!  clique aqui

Referências wikipédia e Srum Org :  

       Scrum 

       COBIT

       ITIL.

 

Grátis –  E-book para aprender como ganhar dinheiro com marketing digital!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *